Visualizar praia em um mapa maior

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

29.11.2017 HISTÓRIA REUNE RESISTÊNCIA E SEPARATISMO .

No inicio da Segunda Guerra Mundial , a Croacia fazia parte do Reino da Iuguslávia , quando as tropas nazistas invadiram seu territorio.
Liderados por Josip Broz Tito, os guerrilheiros da resistência , os partisans , resistiram à invasão da Alemanha .
Após a guerra , já com o titulo de marechal , Tito assumiu o controle da região que passou a ser formada pela Sérvia , Montenegro ,Eslovênia , Croácia, Macedônia e Bósnia Herzegovina, dirigindo o pais de 1953 até morrer, em 1980.
O dirigente foi fundador do Movimento dos Paises Não-Alinhados, cujos membros mantiveram-se neutros durante a Guerra Fria entre paises ocidentais e a União das Republicas Soviéticas Socialistas (URSS)
Respeitado como estadista por boa parte do mundo, Tito foi considerado no entanto para muitos de seus compatriotas, um ditador que sufoca os desejos de liberdade e independência dos diferentes povos que formavam a Iugoslávia .
Após sua morte esses conflitos eclodiram, dando origem a uma sangrenta guerra separatista .
Em 1991, tropas sérvias e montenegrinas invadiram Dubrovnik. Além de centenas de mortos , o conflito afetou um de cada três edificios da cidade que , após a guerra, passou a integrar a Croácia .
Em 1995, por meio de um acordo entre a Unesco e a União Europeia , as areas atingidas foram reconstruidas , e o turismo local voltou a florescer . Já em 2013, a Croácia passou a fazer parte da União Europeia e, desde então , passou a adotar o euro como sua moeda .
Para refletir e pensar .

www.sositaguare.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário